Centenário das Aparições de Nossa Senhora | Conheça a Capela das Aparições do Rio de Janeiro
132
post-template-default,single,single-post,postid-132,single-format-video,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive
 

Conheça a Capela das Aparições do Rio de Janeiro

04 abr Conheça a Capela das Aparições do Rio de Janeiro

Clica no vídeo acima e veja belíssimas imagens da Capelinha das Aparições carioca

A capital fluminense é contemplada, não só com um espaço dedicado à devoção a Nossa Senhora de Fátima, tão querida ao povo brasileiro e à colônia portuguesa, mas com uma extensão litúrgica e arquitetônica do Santuário de Portugal. E assim, o Santuário Nossa Senhora de Fátima se legitima como a única réplica em todo mundo da Capela das Aparições da Santíssima Virgem Maria aos pastorinhos, Jacinta e Francisco Marto e Lúcia de Jesus.

A história da edificação do Santuário Nossa Senhora de Fátima dar-se à inspiração que o fundador-presidente da Associação Arquidiocesana Tarde com Maria, Berthaldo Soares, teve em sua peregrinação, com cerca de 100 pessoas, à Portugal, quando a Tarde com Maria completou 20 anos, a fim de agradecer sua linda história de amor e fé.

A Capela das Aparições carioca é a expressão concreta do carisma da Associação Arquidiocesana Tarde com Maria, e preserva o tamanho original da capelinha construída entre 28 de Abril a 15 de Junho de 1919, na Cova da Iria.

Esse templo sagrado, situado no Recreio dos Bandeirantes, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, nos permite contemplar detalhes reais da história das aparições de Nossa Senhora aos pastorinhos, em 13 de maio, junho, julho, setembro e outubro de 1917, edificada conforme solicitação da Mãe de Deus às três crianças, Jacinta e Francisco Marto e Lúcia de Jesus dos Santos – “Quero dizer-te que façam aqui uma capela em Minha honra, que sou a Senhora do Rosário, que continuem sempre a rezar o terço todos os dias”, (c.f. Irmã Lúcia, p. 180, 2013).

O carisma da Tarde com Maria é baseado nos pilares fortalecidos pela Mensagem de Fátima, e estende às atividades e ações realizadas na Capela das Aparições, que existe para dar continuidade aos apelos de Nossa Senhora, solicitados aos pastorinhos em suas aparições, no século passado.

E por falar em pastorinhos, em fevereiro de 2015, a Capela das Aparições do Rio recebeu, da Santa Sé, a autorização para celebrar a Memória dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, enviada pela Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos. O sentido dessa festa dar-se-á vocação à santidade dessas duas crianças. Por meio das memórias escritas pela Irmã Lúcia de Jesus, a também pastorinha de Fátima ainda não beatificada, é possível conhecer os videntes, que conseguiram viver os apelos com que Nossa Senhora os desafiou. Acompanhar a história desses beatos é viver a Mensagem de Fátima, com todas as suas revelações: o mistério da Santíssima Trindade, a Adoração ao Santíssimo Sacramento, a intercessão, o coração de Jesus e de Maria, a conversão, a penitência. Tudo isso e muito mais foi revelado a eles pelo Anjo e também por Nossa Senhora, a Virgem do Rosário. Por isso que o Santuário de Fátima zela por essa comemoração, realizada em 20 de fevereiro.

Um dos carismas da Tarde com Maria é rezar pelas almas que padecem no purgatório. E como confirmação desse dom, foi construída, no subsolo da Capela das Aparições, a Capela Nossa Senhora da Esperança, instalado no interior do Memorial Domus Mariae, um local sagrado, onde guarda-se os restos mortais dos familiares de muitos fiéis que escolheram a casa da Virgem de Fátima. A pequenina igreja é aberta a todos que desejam conhecer e rezar.

Tudo construído no Santuário de Fátima, pela Tarde com Maria, está de acordo com as normas da Arquidiocese do Rio de Janeiro, na pessoa do Cardeal Arcebispo Dom Orani João Tempesta e do Reitor deste Santuário e bispo auxiliar do RJ, Dom Antonio Augusto Dias Duarte; e iluminado pela Mensagem de Fátima. Por isso será construída uma Capela de Adoração Perpétua. O passo inicial dessa construção foi dado, em 12 de agosto de 2016, quando aconteceu o lançamento da pedra fundamental para dar início às obras da igreja. A celebração foi presidida por um dos assessores diretos do Papa Francisco, o Cardeal Lorenzo Baldisseri, Secretário Geral da Congregação dos Bispos da Santa Sé, no Vaticano. O purpurado trouxe de Roma as relíquias, terra e pedras, extraídas do túmulo de São Pedro. A importância dessa cerimônia não foi apenas simbólica. Mas o início da concretização de um dos carismas da Tarde com Maria, que é rezar pelo Santo Padre, conforme consta nas Memórias de Fátima, na qual a Beata Jacinta Marto rezava incansavelmente pelo Papa.

Ter as relíquias do túmulo de São Pedro, trazida pelo assessor direto do Sumo Pontífice da Santa Igreja Católica, é uma autenticação da seriedade do carisma da Tarde com Maria e dos sinais de Nossa Senhora com o povo desse Santuário.

Neste ano de 2017, todo o empenho dos que trabalham na Capela das Aparições do Rio de Janeiro está sendo para a realização da grande celebração do Centenário de Nossa Senhora de Fátima, um grande marco na história das aparições. Pois todos os fiéis serão testemunhas vivas dos designíos da Virgem Mãe de Deus na celebração deste primeiro século de amor.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário!